01/04/2021

Jovem + Agro Cocamar tem aula inaugural

A aula inaugural do programa Jovens + Agro Cocamar – iniciativa coordenada pelo Departamento de Cooperativismo, ministrada na tarde de quarta-feira (31/3) em formato virtual – reuniu filhos de produtores cooperados de várias regiões de atuação da cooperativa, da faixa entre 18 e 29 anos, que estão se preparando para a sucessão, focados no conceito de gestão familiar compartilhada.

 

Capacitação - Na abertura, o superintendente de Relação com o Cooperado, Leandro Cezar Teixeira, ressaltou que os jovens são, por sua natureza, mais abertos a inovações e gostam de lidar com tecnologias. “Vocês que no futuro  vão estar à frente dos negócios, terão desafios e dificuldades a enfrentar, por isso a importância de estarem buscando capacitação”, disse. Ele lembrou que capacitação deve ser constante, pois as mudanças ocorrem de forma rápida e permanente.

 

Desafios - “Temos, por exemplo, uma dispersão de produtividade entre os produtores: de um lado, os que conseguem médias elevadas e, de outro, os que patinam em níveis baixos”, comentou Teixeira, citando ainda que atualmente o carro-chefe na maior parte das propriedades é a produção de soja e milho, mas pode ser que em uma década ou duas as demandas sejam outras.

 

Na vanguarda - O superintendente ressaltou ainda que a Cocamar é uma cooperativa de vanguarda e realiza um trabalho que dignifica seus cooperados, proporcionando segurança a eles na hora da entrega das safras.

 

Primeiro módulo - Após a abertura, com a apresentação dos instrutores, todos profissionais gerentes da cooperativa, o gerente de Cooperativismo, João Sadao, ministrou o primeiro módulo, que versou sobre a nova economia em que se sobressai a era do compartilhamento, identificando o cooperativismo como “um modelo mais moderno do que nunca”. Em sua apresentação, Sadao explicou o funcionamento de uma organização cooperativista, bem como os direitos e obrigações dos cooperados. “Os cooperados são os donos da cooperativa e esse senso de pertencimento é essencial para que fortaleçam suas organizações.”

 

 

Fundamental - Foi apresentado, na oportunidade, um trecho de uma fala do especialista José Luiz Tejon Megido, e que ele ressalta a importância do cooperativismo, destacando que o setor movimenta 350 bilhões de reais por ano e envolve 14 milhões de pessoas, entre cooperados, colaboradores, familiares e terceiros. “Em municípios onde há cooperativas fortes, o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) geralmente é superior à média dos municípios brasileiros. “Estamos falando de um modelo de negócio do futuro”, mencionou Tejon, salientando que a cooperação “é um dos negócios fundamentais para o desenvolvimento do país”. Ele acrescentou ainda que as cooperativas brasileiras, em linhas gerais, “são exemplos de dignidade humana, que trabalham sob a ótica da sustentabilidade e da responsabilidade social”.

 

Quinzenal - As aulas, de periodicidade quinzenal, serão ministradas por profissionais de diversos setores da cooperativa e se estenderão até 21 de julho. O próximo encontro está marcado para 14 de abril às 16 horas e estão inscritos 32 participantes.  

 

Integração - Para a analista de Cooperativismo, Alessandra Lescano de Almeida, que conduziu a aula inaugural, realizações como o Jovem + Agro Cocamar promovem também a integração entre os jovens filhos de cooperados, criando referências e possibilitando uma salutar troca de ideias e experiências. E citou que entre os inscritos há um grande número de mulheres, “cada vez mais atuantes na gestão dos negócios familiares”.  

 



Maringá - PR 18/04/2021 Min. 16 ºC Max. 31 ºC
Sol
Maringá - PR 19/04/2021 Min. 16 ºC Max. 30 ºC
Predomínio de sol