06/02/2024

Cocamar faz doação de sistema fotovoltaico ao Nuselon em Londrina

Em prosseguimento ao programa A Solidariedade é Nossa Energia, iniciado em meados de 2023, a Cocamar Cooperativa Agroindustrial, por meio de seus cooperados, formalizou no dia 31 de janeiro a entrega de uma completa estrutura de geração de energia solar ao Núcleo Social Evangélico de Londrina (Nuselon).

 

A entidade, que não tem fins lucrativos e atua no atendimento e acolhimento a crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade, risco social e pessoal, foi fundada em 1978, conta com uma equipe de assistentes sociais, psicólogos, cuidadores e outros profissionais e é mantida por meio, principalmente, de doações de recursos.   

 

Representando os cooperados da Cocamar, o coordenador do Conselho Fiscal, Guilherme Martins Gomes dos Santos, foi recepcionado pelo presidente do Nuselon, Vitor Hugo de Oliveira Paiva, a vice-presidente e fundadora da instituição, Junia Lamonica Crespo de Azevedo, colaboradores e voluntários. Guilherme estava acompanhado da gerente executiva de Governança da Cocamar, Fernanda Volpato, do gerente regional de negócios da cooperativa, Luiz Augusto Pedrone, e do gerente da unidade local, Ricardo Mendes.

 

 

Segundo explicou Guilherme, foi a 16ª estrutura doada em pouco mais de seis meses a instituições dos estados do Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os recursos para isso, por decisão dos cooperados, provêm do Rates (Reserva de Assistência Técnica Educacional e Social) da Cocamar, sendo mais uma ação da cooperativa voltada a atender ao princípio 7º do cooperativismo, que é a preocupação com a comunidade onde se encontram inseridas suas atividades.

 

 

Ao agradecer a doação, a direção do Nuselon comentou que a mesma vai representar uma economia significativa e duradoura dos gastos com energia elétrica.

 

 

Na solenidade de entrega participaram também João Penteado, conselheiro consultivo e representante do Sindicato Rural Patronal de Londrina;  Alex Canziani, presidente do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), que estava acompanhado do diretor administrativo e financeiro, Arthur Piazza Bergamini, e do diretor de comunicação David Jônatas; Éder Alves, representante do Juizado da 1ª vara da Infância e Adolescência; Lígia Fukahori, representante da Secretaria de Assistência Social do município; integrantes do Núcleo Feminino da cooperativa em Londrina, entre outros convidados.

 

As instalações fotovoltaicas, que constam de módulos, inversores e assistência técnica especializada, estão avaliadas em cerca de R$ 87 mil e contam com cobertura de um ano de seguro, cedido pela Corretora Cocamar.

 

A cooperativa informa que o processo de seleção das entidades leva em conta os serviços oferecidos, a reputação e o impacto causado na comunidade, sendo a primeira etapa a realização de um laudo estrutural, seguida de uma avaliação técnica. Após aprovada, a entidade é comunicada sobre os tramites para a instalação do sistema.