07/10/2019

Chuvas variam bastante na região da Cocamar

Depois de uma estiagem que já durava algumas semanas, sob altas temperaturas, produtores de vários municípios atendidos pela Cocamar sentiram alívio com a volta das chuvas, no final de semana e nesta segunda-feira (7). Muitos já haviam semeado a safra de soja 2019/20 ou aguardavam pela umidade para iniciar os trabalhos. No entanto, as quantidades de precipitação variaram bastante de uma região para outra e, em algumas, nem chegou a chover.

 

NA EXPECTATIVA - “Aqui ainda não caiu uma gota de chuva”, afirmou o gerente da unidade da cooperativa em Porecatu, norte do Paraná, Sérgio Lemos, falando na manhã desta segunda-feira. Segundo ele, os produtores olhavam com expectativa para o céu de muitas nuvens. Em Bela Vista do Paraíso, choveu só o bastante para baixar um pouco a poeira, cerca de 5mm, frustrando quem aguardava por bastante água para espantar as preocupações.

 

TORCENDO - Em Cambé, começou a chover no início da manhã de hoje, com fraca intensidade. O cooperado Elsio Brazão disse que na propriedade da família haviam sido registrados 5mm: “É pouco, vamos torcer para que venha muito mais e consigamos plantar”.

 

FOI BOM - A região de Maringá foi servida por bons volumes. Na Comunidade Guerra, norte do município, foram 40mm na propriedade do cooperado Cleber Veronezi Filho, que havia semeado 20% de sua área. “Foi bom para germinar e vai ser bom para plantar”, citou o produtor.

 

ATÉ QUE ENFIM - Roberto Boggio, que possui terras arrendadas em Maringá, contou que ficou satisfeito ao saber da quantidade de chuva registrada no município. “Os arrendatários estavam aflitos, acredito que agora vão conseguir completar o plantio.”

 

POUCO - Nos solos arenosos de Paranacity, divisa com o estado de São Paulo, choveu 18mm. Mas o gerente Lucas Facini Marthi, da unidade local da Cocamar, lembrou que não foi geral. “Tem lugar que nem choveu.”

 

QUASE NADA - Em Santa Cruz do Monte Castelo, no extremo noroeste, a situação é parecida. Os pluviômetros marcaram 5mm e, em alguns pontos do município, não caiu nem isso, segundo informa o engenheiro agrônomo Lucas.

 

O gerente técnico Rafael Furlanetto, do departamento técnico da Cocamar, ressalta que o calendário ainda apresenta uma certa folga para o plantio de soja, que vai até o dia 15 de novembro, mas esse período não atende quem deseja cultivar também a safra de milho de inverno, cujo prazo ideal é até meados de março. Depois disso, o milho fica mais sujeito a perdas com geadas.  



Maringá - PR 19/10/2019 Min. 23 ºC Max. 34 ºC
Sol
Maringá - PR 20/10/2019 Min. 20 ºC Max. 31 ºC
Sol