Nova cultivar da Embrapa obtém melhor produtividade na região da Cocamar
05 de Abril de 2013
Ao promover testes na recente safra 2012/2013 com a nova cultivar de soja BRS-360-RR junto a produtores em várias regiões do Estado, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Soja), sediada em Londrina, concluiu que a mesma pode ser uma aliada no esforço para o aumento da produtividade.

ALTERNATIVA - Ainda em fase de pré-lançamento, a cultivar se destacou principalmente na região da Cocamar, onde é apontada como uma alternativa para os próximos anos. No município de Floresta, a 30 km de Maringá, o cooperado Ricardo Dolfini cultivou pouco menos de um alqueire com a BRS-360-RR e sua média foi o equivalente a 175 sacas por alqueire. De ciclo precoce, a cultivar não exigiu nada além do que já é feito para as demais, explicou Dolfini. “Gostei muito, valeu a pena”, afirmou o produtor, que ontem (quinta-feira, 4) esteve em Londrina, na abertura da ExpoLondrina, para participar de um evento organizado pela Embrapa, quando os resultados foram conhecidos. Ele obteve a melhor média de produtividade na classificação geral dentre todos os testes realizados com a cultivar.

TESTEMUNHA - O técnico agrícola Robson Fabro Arrias, da Cocamar/Floresta, que presta assistência ao produtor, explica que o teste foi feito tendo outra cultivar como testemunha, a qual produziu média equivalente a 169 sacas por alqueire. Ele informou que Ricardo Dolfini semeou no dia 3 de outubro e a colheita aconteceu no início de fevereiro.
Tradicional produtor em Floresta, Dolfini cultiva 184 alqueires de soja e, na última safra, sua média geral foi de 150 sacas por alqueire.
 
•  Talento
•  Maringá
•  Cocamar
•  Suavit
•  Purity